Siga-nos no facebook!

Estátua de Morihiro Saito Shihan em Iwama

 

Estágio Campilhas - Summer Seminar

::: site oficial >>

1º Estágio Nacional de Crianças e Jovens

::: site oficial >>

Estágio Internacional na Rússia 2011

::: site oficial >>

Estágio Internacional em Itália 2011

::: site oficial >>

Estágio Internacional na Argentina 2011

::: site oficial >>

Estágio Internacional - Setembro de 2011

05 de Setembro de 2011

::: ver >>

Estágio de Junho de 2011

16 de Junho de 2011

::: ver >>

Obras no Honbudojo (2)

03 de Maio de 2010

::: ver >>

Obras no Honbudojo (1)

19 de Abril de 2010

::: ver >>

Estágio de Professores

14 de Março de 2010

::: ver >>

Estágio de Kumijo

28 de Fevereiro de 2010

::: ver >>

Celebração

14 de Fevereiro de 2010

::: ver >>

Kagami Biraki

7 de Fevereiro de 2010

::: ver >>

Antigo Honbudojo

::: ver >>

Saito Sensei

::: ver >>

Fotografias de O'Sensei

::: ver >>

A História

O Aikido é uma Via marcial desenvolvida por Morihei Ueshiba durante o princípio do século XX. Resulta da conjugação de estudos profundos de diversas artes, entre as quais, a arte do sabre (ken), do bastão (jo), da alabarda (naginata), da lança e do combate corpo a corpo (taijutsu).

Como difere das outras artes marciais?

Para além das diferenças técnicas, o Aikido é único; não é apenas uma arte de defesa pessoal, mas sim um conjunto de artes marciais unidas numa Via.

O Aikido tem como objectivo o desenvolvimento mental e espiritual do indivíduo através do seguimento de um austero treino físico e mental. O aspecto social e humano do Aikido não pode ser separado dos estudos técnicos das artes que o incluem. A dimensão ética do Aikido permite a sua prática tanto dentro como fora do tatami. Segundo a filosofia do fundador, Morihei Ueshiba, o Aikido visa unir as pessoas numa "grande família mundial".

Ensina-se que a utilização das técnicas do Aikido deve ser evitada. Contudo, o praticante de Aikido experiente, ao ser confrontado com uma situação de conflito físico, aplica o controlo necessário para neutralizar o ataque, ao mesmo tempo que evita causar danos ao adversário. De facto, os adeptos sérios do Aikido aspiram alcançar um nível mais alto, antecipando e evitando por completo qualquer situação de conflito. Esta sensibilidade ao mundo exterior, a uma possível situação de conflito interpessoal ou social, advém de muitos anos de prática diligente, e do cultivo da autoconfiança, do estado de alerta apurado e da perspicácia. O Aikido torna-se um caminho, e a sua prática sincera contribui tanto para a melhoria da destreza física individual, como para uma maior compreensão da natureza humana.

Mas seria incorrecto afirmar que a prática do Aikido não é vigorosa ou que as suas técnicas não são eficazes. Ao ser praticado da forma tradicional como foi ensinado pelo fundador, Morihei Ueshiba, o Aikido conserva um lado fortemente marcial. Embora sem intenção violenta, as técnicas são executadas com firmeza. Poderosos movimentos de controlo das articulações e de imobilização detêm o adversário sem lhe causar lesões. As técnicas do Aikido são capazes de causar sérios danos corporais. Contudo, os seus princípios proíbem este comportamento destrutivo.

::TOPO::

O Aikido de Iwama

Diz-se que o Aikido nasceu em Iwama. O Fundador, Morihei Ueshiba, mudou-se na sua velhice para esta aldeia, e afirmou mais tarde que este local foi a "maternidade" do Aikido. Mas o processo do nascimento do Aikido foi lento e contínuo, tendo na verdade começado muito antes deste retiro do Fundador.

Em Iwama, O'Sensei, ou Grande Mestre (como se refere ao Fundador) construiu um dojo e um templo. Dedicava-se à agricultura, à meditação e a um treino intensivo que poucos conseguiam aguentar. Esta simbiose era, para O'Sensei, a única forma verdadeira de seguir os estudos do Budo (Via Marcial). Assim Morihei Ueshiba consolidou toda a sua aprendizagem, criando o Aikido.

Depois da guerra, e por causa das grandes dificuldades que o Japão passou, o dojo de Iwama ficou com muito poucos alunos. Contudo, o treino continuou.

Morihiro Saito, residente de Iwama, começou a praticar com o Fundador com 17 anos de idade. Sendo filho de agricultores, e o mais novo dos irmãos, pode dedicar muito do seu tempo ao Fundador e à prática da arte. A sua dedicação ao Budo em Iwama e ao seu Mestre foram sem limites.

Foi Saito Sensei que participou com o Fundador na codificação das bases do Aikido moderno. Uma grande parte das técnicas de Aikido foram posteriormente sistematizadas por ele, como no caso das técnicas com armas.

Sensei deixou-nos em 2002, tendo sido responsável pelo ressurgimento do pensamento marcial do Aikido e pela preservação da técnica original que, ao longo dos anos e por diversas razões, fora sendo modificada. Toda a sua família participou neste estilo de vida tradicional, e como ele, os seus filhos praticaram Aikido. O seu filho Hitohiro Saito, ele próprio aluno directo do Fundador, assumiu o seu legado. Como sucessor foi preparado desde cedo através de uma educação muito estrita e tradicional. Ainda hoje, os filhos e esposa de Hitohiro Sensei também treinam Aikido e participam em todos os eventos desta arte.

::TOPO::